Notícia

Jornal do Commercio (PE)

Unicamp e USP em destaque

Publicado em 06 setembro 2011

SÃO PAULO - A Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) melhoraram de posição na lista das 300 melhores universidades do mundo feita pela Quacquarelli Symonds (QS), do Reino Unido. No ranking divulgado ontem, a USP ocupa a 169ª posição, com 50.7 pontos. A Unicamp está no 235º lugar, com 42.2. Elas são as únicas brasileiras no ranking. Em 2010, a USP tinha ficado em 253º lugar e a Unicamp em 292º, no final da lista. Os dois primeiros lugares ficaram com as universidades de Cambridge (1º), na Inglaterra, e Harvard (2º), nos EUA.

Foram 700 instituições avaliadas em todo o mundo. Os pontos recebidos pelas universidades são uma soma de notas em diversos indicadores. Metade da nota tem origem em uma pesquisa que coleta a opinião de acadêmicos renomados e de empregadores de recém-formados nas universidades sobre as instituições. No ranking deste ano, foram ouvidos mais de 33 mil acadêmicos do mundo todo e mais de 16 mil empregadores.

Segundo o diretor-científico da Fundação de Amparo à Pesquisado de São Paulo (Fapesp), Carlos Henrique Cruz, são essas opiniões que fizeram as brasileiras ganhar posições. "O QS melhorou muito depois de reclamações de universidades latinas. Agora eles estão ouvindo mais cientistas fora do eixo anglo-saxão", disse.