Notícia

Correio Braziliense

Interrupção da morte celular

Publicado em 22 outubro 2012

Por Tiago de Holanda
Belo Horizonte — Apesar de não ter sentimentos nem fazer julgamentos morais, as células humanas são capazes de grandes gestos de abnegação. Um deles é chamado de apoptose, ou morte celular programada. Ela ocorre, por exemplo, quando uma molécula de DNA — espécie de manual de instrução para o funcionamento do corpo — sofre lesões irreparáveis e a célula que a abriga “se suicida”, para diminuir os danos causados às vizinhas sadias. A atitude de renúncia, porém, não acaba com a possibilidade de o mal ter sido [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.