Notícia

Envolverde

Fifa credencia ortopedia do HC-USP

Publicado em 04 outubro 2010

Agência FAPESP - O Instituto de Ortopedia e Traumatologia (IOT) do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo (HC-USP) foi certificado como Centro Médico de Excelência pela Federação Internacional de Futebol Associado (Fifa). O credenciamento foi oficializado no dia 1º de outubro pelo chefe do departamento médico da Fifa, Jiri Dvorak.

Um dos projetos da entidade já definidos para ser realizado no HC-USP visa a aprimorar a avaliação da idade dos atletas a fim de evitar fraudes. "Estamos avaliando a idade biológica de atletas por meio de ressonância magnética, para comparar com o que está escrito na certidão de nascimento", disse o chefe do grupo de Medicina Esportiva do IOT, Arnaldo Hernandes.

Outros três trabalhos foram apresentados à equipe médica da Fifa na inauguração do centro: estudo radiológico da incidência da artrose do quadril em atletas de futebol profissional; estudo sobre o uso de plasma rico em plaquetas nas lesões musculares de jogadores profissionais; e estudo epidemiológico das lesões de futsal.

Iniciada em 2005 com a Schulthess Clinic, em Zurique, Suíça, a rede de centros médicos da Fifa identifica serviços de excelência em pesquisa e atendimento de medicina do futebol e desenvolve projetos conjuntos voltados a atender os desafios desse esporte.

"Queremos que todo jogador tenha total atendimento em prevenção, tratamento e reabilitação, e que consiga a otimização de seu desempenho por meio do que há de mais avançado na medicina do futebol", disse Dvorak.

O IOT do HC-USP é o primeiro centro de excelência credenciado pela Fifa na América Latina e o 11º no mundo, ao lado de instituições na Alemanha, África do Sul, Estados Unidos, Japão, Noruega, Nova Zelândia e Qatar.

Mais informações: http://www.hcnet.usp.br

(Envolverde/Agência Fapesp)