Notícia

Brasilagro

Etanol feito de papel

Publicado em 20 dezembro 2013

Resíduos de papel podem servir de matéria-prima para a produção de etanol. ?Foi o que demonstraram pesquisadores do Centro de Biorrefinaria do Instituto de Pesquisas de Alimentos (IFR, na sigla em inglês) da Inglaterra.

Utilizando papel desfiado descartado de impressora, os pesquisadores liderados pelo professor Keith Waldron elaboraram um processo em que a extração é feita por ?fases simultâneas de sacarificação, que é a quebra de açúcares existentes nas fibras do papel feita por vários tipos de enzimas e fungos em um biorreator, ?e fermentação com o uso da levedura Saccharomyces cerevisiae.

O resultado é um volume de 11,6% de etanol presente no líquido elaborado no reator. O processo foi realizado em bancada de laboratório e agora deverá ser testado em uma fábrica-piloto para verificação da viabilidade econômica. Apenas no Reino Unido são descartados 12 milhões de toneladas por ano de papel – volume que poderá ser usado para a produção de etanol como combustível ou destinado à indústria química, além de ser reciclado de forma sustentável.

A forma de produção em laboratório do etanol e os resultados dos estudos foram detalhados na revista Bioresource Technology (abril, 2013)

(Revista Pesquisa Fapesp, dezembro/2013)