Notícia

IDEA

Clippings

Publicado em 14 dezembro 2005

A Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) aprovou o projeto que objetiva dimensionar o potencial de energia alternativa e renovável da região de Araçatuba. Elaborado pelo Gepea-USP (Grupo de Energia do Departamento de Engenharia de Energia e Automação Elétricas da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo) em parceria com a Cooperhidro (Cooperativa do Pólo Hidroviário -- Agência de Desenvolvimento Regional), o projeto começa a ser posto em prática em janeiro do ano que vem. O estudo será concluído em dois anos, a partir da data do início. A Fapesp deverá destinar entre R$ 200 mil e R$ 300 mil ao projeto. Alternativas Para o presidente da Cooperhidro, a dimensão do potencial de energia alternativa e renovável da região é importante, pois servirá para nortear investimentos. Entre as energias alternativas e renováveis estão a proveniente do bagaço da cana-de-açúcar e a energia eólica.