Notícia

EPTV

Biodiversidade em pauta

Publicado em 07 janeiro 2010

A Organização das Nações Unidas (ONU) definiu 2010 como o Ano Internacional da Biodiversidade. E a exemplo da COP-15 sobre mudanças climáticas, que em dezembro passado tentou fazer um balanço dos compromissos assumidos no Protocolo de Kyoto, a COP da Biodiversidade tem um encontro marcado para outubro deste ano, na cidade japonesa de Nagoya. A idéia, na ocasião, será avaliar os resultados das ações assumidas em 2002 para preservar a biodiversidade.

E este tema não podia ser mais atual, diante da ocupação desordenada de áreas naturais, da exploração predatória de recursos da natureza, sem falar na poluição causada pelo homem, que tem feito o planeta perder espécies animais e vegetais sem precedentes.

O evento que abriu oficialmente o Ano da Biodiversidade está acontecendo em Curitiba, no Paraná, até o próximo sábado. É a 2ª Reunião sobre Cidades e Biodiversidade, organizada pela Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB), ligada à ONU.

Além da presença de cerca de 90 autoridades governamentais do Brasil e do exterior, mais técnicos ambientais de 16 países, o encontro promete ser uma preparação para a COP sobre Diversidade Biológica, que acontecerá no Japão.

Para o professor Roberto Gomes de Souza Berlinck, que representa o Programa Biota-Fapesp no evento, "a natureza é uma rede extremamente intricada que precisa ser mantida para a vida existir; porém, essa harmonia tem sido cada vez mais ameaçada", avalia.

Por isso a importância da coexistência entre as espécies. De acordo com levantamento da CDB da ONU, que trata diretamente dessas questões, a taxa de perda de espécies chega a cem vezes à da extinção natural e vem crescendo exponencilamente.

(fonte: Agência Fapesp e jornais do Paraná).