Notícia

Portal Exame

Zika é capaz de modular inflamação no cérebro, indica estudo

Publicado em 02 setembro 2016

Por Karina Toledo, da Agência FAPESP
Ao analisar o cérebro de camundongos recém-nascidos, expostos ao Zika durante a gestação, pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) observaram que o vírus é capaz de modular a resposta imunológica no sistema nervoso central do hospedeiro, de modo a impedir uma inflamação exacerbada que lhe seria prejudicial. Dados preliminares da pesquisa, apoiada pela FAPESP, foram apresentados no dia 1º de setembro por Jean Pierre Peron, professor do Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) da USP, durante a 31ª Reunião Anual da [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.