Notícia

Folha da Região (Araçatuba, SP) online

Wilson Marini: Saúde pública deve ficar atenta aos casos de dengue

Publicado em 19 novembro 2015

Por Wilson Marini

Dengue em alta com o verão

Com a aproximação do verão, está de volta a preocupação da saúde pública com a perspectiva de aumento do número de casos de dengue em todo o estado. É preciso empenho principalmente da população, e dascomunidades, para o combate e erradicação do mosquito Aedes aegypti, o transmissor da doença. Relatório divulgado na Assembleia Legislativa aponta que o número de casos já havia ultrapassado os 589 mil entre janeiro e setembro deste ano em São Paulo. O número de infectados neste período foi maior que o triplo do registrado pela secretaria de Saúde estadual em todo o ano de 2014. Até a primeira quinzena de julho deste ano, o governo confirmou 499.556 casos da doença no Estado. Neste ano, o maior número de registros ocorreu em maio, com 175.879 notificações. Somente em Campinas foram registrados 61 mil casos, abaixo da capital (39 mil). Bauru, Sorocaba, Baixada Santista e o Noroeste paulista estão entre as áreas com maior infestação. Com recorde de temperaturas elevadas no último inverno, o ciclo de reprodução do mosquito transmissor praticamente não foi interrompido, o que deixa os agentes da Vigilância Sanitária em alerta com vistas à próxima estação, devido às condições favoráveis criadas no meio ambiente para a reprodução do mosquito. Segundo os técnicos, quanto maior for a associação entre chuva e calor, mais elevada é a capacidade de proliferação do Aedes.

Micro e pequenos

As micro, pequenas e médias empresas de base tecnológica estabelecidas no Estado de São Paulo poderão se candidatar a solucionar desafios incomuns apresentados pelo Sirius – a nova fonte de luz síncrotron brasileira, em construção no Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS), em Campinas, segundo a Agência Fapesp - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Um desses desafios é desenvolver uma espécie de robô para monitorar os 520 metros de circunferência do anel do acelerador de elétrons. Dotado de câmeras e sensores, o robô percorreria sobre trilhos toda a extensão do acelerador principal do Sirius, registrando imagens e medidas, como temperatura e vibração no interior do túnel onde o equipamento será instalado.

Micro e pequenos (2)

Em Ribeirão Preto, as micro e pequenas empresas que fazem parte do sistema de tributação diferenciado são a base da economia e as que geram mais postos de trabalho Das cerca de 86 mil empresas ativas, 53,5 mil são optantes pelo Supersimples, segundo dados da Receita Federal até setembro deste ano publicados pelo jornal “A Cidade”. Para o presidente da Associação Comercial, Antonio Carlos Maçonetto, as mudanças no Supersimples podem deixar os empresários mais tranquilos, mesmo diante da crise, principalmente no que se refere ao aumento de parcelas do Refis, de 60 para 120 meses. 

Na Assembleia

● A Assembleia Legislativa sediou o lançamento da Frente Parlamentar da Câmara dos Deputados em Defesa da Cadeia Produtiva na região Sudeste. A frente será organizada em cada região do país.
● A Comissão de Defesa do Meio Ambiente da Assembleia, presidida por Roberto Tripoli (PV), aprovourequerimentos que convidam autoridades para a realização de audiências públicas para debater a situação de rios e áreas poluídos. 
● A Comissão de Administração Pública e Relações do Trabalho da Assembleia aprovou o projeto de lei que reserva 25% das vagas de trabalho oferecidas pelas empresas que recebam incentivos fiscais do Estado para afrodescendentes e indígenas. 
● Outro projeto, aprovado na mesma sessão, reserva 5% das vagas de trabalho em empresas prestadoras de serviços ao poder público para mulheres vítimas de violência doméstica. O objetivo é ajudar as vítimas desse tipo de violência a terem autonomia e independência financeira. 
● Em cerimônia realizada no Palácio dos Bandeirantes, o governador Alckmin sancionou projeto que revoga a lei estadual de 1995, que exige um número mínimo de 70 mil associados para que as entidades de classe formadas por servidores públicos estaduais possam criar suas cooperativas de crédito. O objetivo é facilitar o crédito consignado no contexto de crise econômica e estimular a formação de novas cooperativas. 

Rigor no trânsito

O costume de jogar objetos ou substâncias de dentro do veículo ou de abandoná-los nas vias será considerado infração de trânsito grave. A Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei (PL) 2.300/2015 que eleva o valor da multa. O texto tramita em caráter conclusivo, e ainda será analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. Isso, porque a lei atual classifica a infração como média e as multas variam de acordo com a gravidade da infração – leve, média, grave ou gravíssima. Pela proposta, o valor da multa cobrada no caso de objeto lançado de veículos ou abandonado em vias será maior. 

População

O Brasil registrou crescimento de 0,9% de 2013 para 2014, segundo o IBGE. O total de residentes em 2014 estimado é de 203,2 milhões de pessoas, 1,7 milhão de pessoas em relação ao ano anterior. Por idade, a faixa de 60 anos ou mais já corresponde a 13,7% e os jovens de até 24 anos eram de 38% dos brasileiros. Curiosidade: os homens são maioria até os 19 anos, e após essa idade, as mulheres passam à frente.