Notícia

Folha da Região (Araçatuba, SP) online

Wilson Marini: 150 anos da ferrovia paulista passam despercebidos

Publicado em 20 fevereiro 2017

Por Wilson Marini

Um evento histórico passou despercebido da maioria dos paulistas na última quinta-feira (16): os 150 anos da criação da primeira ferrovia do Estado, a estrada de ferro Santos-Jundiaí, pela empresa São Paulo Railway, que tinha como meta o escoamento da produção cafeeira do porto de Santos. A obra foi financiada por produtores de café, liderados por Irineu Evangelista de Sousa, o Visconde de Mauá, em 1867, com dinheiro inglês, 13 anos após ter construído a primeira ferrovia brasileira, no Rio de Janeiro. A Santos-Jundiaí foi um marco na economia paulista, ao fazer a interligação com as demais regiões do Estado, então nascentes, e que a partir daí se desenvolveram, entre elas Bauru, Sorocaba, Presidente Prudente e São José do Rio Preto. 

Transporte de cargas
Ainda hoje, a Santos-Jundiaí tem um papel importante na logística paulista. Segundo A Tribuna, de Santos, a ferrovia paulista agora aposta na movimentação de cargas. O modal ainda é pouco utilizado quando comparado com o rodoviário. Santos-Campinas é a rota “mais pujante” no transporte de contêineres, principalmente produtos agrícolas. A ferrovia também liga o Porto à Região Metropolitana de São Paulo e ao Vale do Paraíba, o que significa acesso às rodovias e aeroportos de todo o país. 

Contra o mosquito
As estratégias de combate ao vírus Zika e ao mosquito Aedes aegypti devem ganhar reforços nos próximos meses. Um grupo de seis pequenas empresas paulistas desenvolverá, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), repelentes à base de novos compostos naturais e armadilhas para captura do Aedes, a fim de aumentar as barreiras contra o vetor da Zika, dengue, chikungunya e febre amarela.

Febre amarela
A Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa aprovou projeto de lei do deputado Padre Afonso (PV), que institui no Estado a campanha de prevenção e combate à febre amarela. O objetivo é conscientizar a população sobre a importância da prevenção dessa doença.

Antidrogas
Projeto de lei da deputada Beth Sahão (PT), proíbe vender, ofertar, fornecer ou entregar componentes do lança-perfume, como clorofórmio, éter, antirrespingo de solda sem silicone, solvente de tinta, benzina e fenol, a menores de 18 anos.

Doação de livros
Poderá ser criado no Estado o Programa Estadual de Doação de Livros - PEDLivros, se for aprovado projeto do deputado Enio Tatto (PT). O objetivo é dar ao aluno do ensino médio da rede pública estadual acesso a doações de livros literários e paradidáticos realizadas pela iniciativa privada. 

Defesa do patrimônio
O deputado estadual Coronel Camilo (PSD) foi eleito presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que vai investigar atos de vandalismo no Estado de São Paulo praticados por grupos organizados, em eventos públicos ou em ações isoladas. O vandalismo se enquaedra na lei federal 9605/98, que define crimes contra o ordenamento urbano e o patrimônio cultural, bem como contra a administração ambiental. As sanções previstas incluem penas privativas de liberdade e pagamento de multa. 

Dados pessoais
A Assembleia Legislativa discutirá projeto que proíbe a divulgação de informações pessoais sem a autorização prévia do titular na internet. O objetivo é coibir a apropriação indevida de dados pessoais de terceiros como RG, CPF, número de agência e conta bancária, número de telefone, endereço físico e eletrônico e data de nascimento, entre outros. Quem se sentir prejudicado poderá pedir a retirada dos dados pelos sites de pesquisa. Se houver descumprimento da lei, os culpados serão punidos segundo o Código de Defesa do Consumidor. 

Trabalho escravo
A Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana da Assembleia Legislativa convidará representantes da Boykos Impercolor para falar a respeito da contratação de haitianos na reforma no Hospital das Clínicas. As condições de manutenção desses estrangeiros foram identificadas pelo Ministério do Trabalho como análogas a de escravos. "A maioria das pessoas não imagina que haja pessoas trabalhando assim em pleno século 21 e em regiões tão próximas a nós", diz o deputado Carlos Bezerra Jr. (PSDB), presidente da comissão. 

Piracicaba metropolitana
Tramita na Assembleia Legislativa projeto de lei para a criação da Região Metropolitana de Piracicaba, que seria composta pelos municípios de Águas de São Pedro, Analândia, Araras, Capivari, Charqueada, Conchal, Cordeirópolis, Corumbataí, Elias Fausto, Ipeúna, Iracemápolis, Leme, Limeira, Mombuca, Piracicaba, Rafard, Rio Claro, Rio das Pedras, Saltinho, Santa Gertrudes, Santa Maria da Serra e São Pedro. 

São Paulo exporta
A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) está organizando o Brasil Investment Forum 2017, que acontecerá nos dias 30 e 31 de maio, na capital. Será uma ocasião para fomentar novos negócios e oportunidades de investimento no Brasil. 

Negócios no Interior
A franquia Mundo Verde anunciou a abertura de mais 62 franquias neste ano, a maioria no Interior de São Paulo.