Notícia

Agência Gestão CT&I

Webinar abordará cooperação internacional entre Brasil e União Europeia

Publicado em 23 junho 2016

O consórcio internacional Incobra [Increasing International STI Cooperation between Brazil and the European Union] promoverá um webinar para debater oportunidades de cooperação de pesquisa científica e tecnológica com a União Europeia (EU). O evento, marcado para 13 de julho, é gratuito e terá transmissão ao vivo pela internet.

No encontro serão debatidas as condições em que as organizações brasileiras podem aderir ao financiamento em chamadas coordenadas pelo programa Horizonte 2020. Os palestrantes são Elisa Natola, da Confederação Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), e Sergio Robles Reis e Queiroz, da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

Outro tema do webinar serão os programas de pesquisa e desenvolvimento em biocombustíveis avançados lignocelulósicos. A atividade está marcada para ocorrer às 14hrs, no horário de Brasília. Haverá espaço para perguntas e respostas. Todos os debates serão em inglês.

As inscrições podem ser feitas por meio deste link.

Sobre o Incobra

O Consórcio Internacional é formado por 14 instituições – sete europeias e outras sete do Brasil – e tem como meta criar bases para ampliar, melhorar e intensificar cooperações entre entes do velho continente e do Brasil. O projeto integra um dos subprogramas do Horizonte 2020, iniciativa da UE cujo objetivo é financiar projetos de pesquisa e inovação até 2020.

Selecionado por meio de edital, o Incobra foi formatado pela Sociedade Portuguesa de Inovação (SPI). O projeto busca construir uma estrutura capaz de facilitar a interação entre entidades brasileiras e europeias de ciência, tecnologia e inovação (CT&I).

O projeto terá duração de 36 meses. Ele prioriza quatro áreas de pesquisa e inovação: agroalimentar; tecnologias da informação e comunicação (TICs); energia; e nanotecnologia. Estes setores foram escolhidos por serem considerados prioritários pela União Europeia para cooperação com o Brasil em pesquisa e inovação.

Para ter êxito nos objetivos, o Incobra pretende consolidar um grupo de stakeholders formado por diferentes interessados como empresas, instituições de ciência e tecnologia (ICTs) e universidades. Os membros deste grupo serão informados em primeira mão dos eventos a serem realizados no Brasil e na Europa. No segundo semestre deste ano, por exemplo, haverá um encontro na Europa e no Brasil.

(Agência Gestão CT&I)