Notícia

Jornal da Ciência online

Vozes bem-vindas

Publicado em 11 dezembro 2020

Pandemia levou médicos e cientistas a se comunicar mais para orientar a população

Na manhã de 13 de março, uma sexta-feira, ao chegar a um congresso que havia reunido cerca de 400 pessoas na cidade de São Paulo, a pneumologista Margareth Dalcolmo, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), recomendou aos organizadores seu cancelamento imediato, em razão da pandemia do novo coronavírus que se espalhava com rapidez pelo Brasil. Evitar aglomerações era uma das recomendações aprovadas em uma reunião no dia anterior no Ministério da Saúde, da qual ela havia participado, para conter o avanço do novo coronavírus.

Como as pessoas já estavam ali, o congresso não foi cancelado, mas ela aproveitou a situação e, entrevistada por seu colega pneumologista Mauro Gomes, gravou um vídeo com as recomendações definidas na véspera em Brasília para deter a doença nova que chegava. No início da noite, Gomes avisou-a de que o vídeo, veiculado inicialmente pelo Facebook e Instagram, fora visto por 700 mil pessoas em apenas seis horas. Como ainda entendia pouco de mídias sociais, ela perguntou: “Isso é muito ou pouco?”.

Veja o texto na íntegra: Pesquisa Fapesp

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
Jornal Cidade - Rio Claro