Notícia

A Tarde (BA)

Você conhece o ornitorrinco?

Publicado em 17 maio 2008

Por Roberta Marques

É difícil dizer, olhando pela primeira vez, a que grupo pertence o ornitorrinco (Ornithorhynchus anatinus): esse bicho tem pés e bico de pato; corpo coberto com couro grosso e pêlos, que ajudam a protegê-lo do frio das águas; glândulas que fazem o leite escorrer por dentro dos pêlos para alimentar os filhotes; põe ovos; e o macho tem um esporão (como uma unha) venenoso na pata para se proteger dos predadores e de outros machos.

Em 1798, pela primeira vez um ornitorrinco foi enviado para pesquisadores da Europa.

Ninguém acreditou no que viu, acharam que alguém tinha feito uma montagem.

Agora em maio, foram publicadas novas descobertas sobre esse estranho animal.

Cientistas compararam o material genético (que guarda dentro das células as características físicas e de comportamento) do ornitorrinco com os do homem, camundongo, cachorro, gambá, frango e lagarto. Eles descobriram que essa mistura que vemos não está só na aparência. Além de ser parecido geneticamente com os mamíferos, eles também têm características de répteis: fertilização de ovos, pouca capacidade de identificar cheiros e produção de veneno. Atualmente o ornitorrinco está classificado como mamífero, no grupo dos monotrêmatas, mas quem olha se pergunta: é uma ave, um réptil ou um mamífero?

Fonte: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp)