Notícia

Jornal da Cidade (Bauru, SP) online

Vitiligo atinge mais que tem doenças oculares

Publicado em 14 dezembro 2008

O vitiligo é uma doença que causa despigmentação da pele – e em alguns casos do cabelo – com formação de manchas bem delimitadas e crescimento centrífugo.

Sua detecção em quem tem histórico de doenças oculares é maior do que a população em geral, sendo que a doença atinge 1% da população e há ocorrência familiar em 30% dos casos. O vitiligo também pode aparecer após queimaduras de sol.

Normalmente os pacientes procuram o médico pelo incômodo estético, uma vez que não existem sintomas específicos da doença. As manchas costumam aparecer nos punhos, dorso das mãos, axilas, pescoço, genitália, ao redor da boca, olhos, cotovelos, joelhos, virilha e antebraços.

Os pacientes geralmente precisam de acompanhamento psicológico, em função do transtorno emocional causado pela doença.

O tratamento pode ser feito através de despigmentação das partes de pele normal, quando as lesões são pequenas, o tratamento pode ser tópico. Alimentação com carotenos e betacarotenos e uso de filtro solar são importantes para proteção. Não há como prevenir a doença. (Agência Fapesp)