Notícia

Folha.com

Vírus da febre amarela é detectado em urina um mês após contaminação

Publicado em 08 fevereiro 2018

SÃO PAULO - Uma pesquisa conduzida pelo Instituto de Ciências Biomédicas da USP (Universidade de São Paulo) conseguiu detectar o vírus da febre amarela na urina e sêmen de um paciente cerca de um mês após a contaminação. A descoberta foi publicada na revista Emerging  Infectious  Diseases, do Centro para Controle e Prevenção de Doenças, agência de proteção à saúde dos Estados Unidos. O estudo contou ainda com a colaboração dos institutos Butantan, de Infectologia Emílio Ribas e da PUC-SP (Pontifícia Universidade [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.