Notícia

Portal Exame

Violência no trabalho deprime 52% de agentes de saúde

Publicado em 02 abril 2015

Por José Tadeu Arantes, da Agência FAPESP
Violências de vários tipos, sofridas durante o exercício da atividade profissional, estão provocando depressão entre os profissionais da Estratégia de Saúde da Família (ESF), principal programa de atenção básica do Ministério da Saúde. Uma pesquisa realizada junto a 2.940 integrantes da ESF no município de São Paulo constatou que formas de depressão leves a moderadas afetavam 36,3% desses profissionais e depressões mais graves acometiam outros 16%. No total, 52,3% dos entrevistados, englobando agentes comunitários de [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.