Notícia

Folha de S. Paulo

"Vida de cientista é difícil em todo lugar"

Publicado em 18 julho 2010

Por Ricardo Mioto
O biólogo alemão Klaus Hartfelder, 55, se mudou da Alemanha há 28 anos. Mesmo tendo saído de um país com invejável tradição científica, diz que sua carreira não teria sido muito diferente se tivesse ficado lá. "Vida de cientista é bonita e difícil em qualquer lugar", afirma. Se pudesse mudar alguma coisa na ciência brasileira, faria com que os alunos pudessem ingressar na graduação só por volta dos 20 anos: "Faz diferença em termos de maturidade". Além disso, diz, muitas vezes os estudantes precisam de um acompanhamento [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.