Notícia

Entrelinhas.com

Vice-diretora da FMB participa de congresso nos EUA

Publicado em 16 novembro 2009

Professora do Departamento de Oftalmologia, Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço e vice-diretora da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB), Silvana Artioli Schellini representou a universidade em visita a um centro de excelência em oftalmologia e também de congresso nos Estados Unidos. As duas atividades ocorreram em outubro.

No dia 19, a professora visitou a Universidade da Califórnia, sediada em São Francisco. Na oportunidade acompanhou o atendimento ambulatorial realizado em seu hospital. Profª Silvana também participou, entre os dias 24 e 27, do encontro anual da "American Academy Ophtalmology". Considerado o maior congresso da área em todo o mundo, reuniu mais de 27 mil participantes. A América Latina teve grande representatividade, com mais de sete mil especialistas.

Além de apresentar um trabalho científico, que analisou as alterações da pálpebra em caucasianos e asiáticos, profª Silvana também ministrou duas aulas com os temas: obstrução de vias lacrimais na criança e tratamento das alterações da pálpebra inferior. A docente também coordenou uma sessão ao lado dos presidentes da Sociedade Panamericana de Plástica Ocular e da Sociedade Americana de Plástica, Guillermo Salcedo e Stuart Seiff, respectivamente.

Para todas as atividades em solo norte-americano, a docente recebeu auxílio da Fapesp (Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado de São Paulo). Profª Silvana salienta que este tipo de evento é oportunidade de aprimoramento e de estreitamento das relações entre entidades internacionais e a Unesp.

"A repercussão de uma viagem deste tipo é sentida ao longo do tempo, com mudanças de paradigmas e possibilidade de observação de novos meios de diagnóstico e tratamento", declarou.

"Um contato destes possibilita que se estabeleça com maior facilidade convênios de cooperações bilaterais para novas visitas, tanto de médicos, como de alunos, uma meta da reitoria dentro do projeto de internacionalização da Unesp", completou profª Silvana.