Notícia

Repórter News

Vestibular para Licenciatura em Ciências UNIVESP/USP tem média de 4,9 candidatos por vaga

Publicado em 09 setembro 2010

Os números indicam o sucesso do novo curso oferecido pela parceria UNIVESP/USP. Se considerados os dados totais (somatória de inscrições realizadas no site da Fuvest - pagas e não pagas), o número de inscritos soma 3158 (média que seria de 8,77 C/V). A Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) também oferece o curso de Licenciatura Plena em Ciências na cidade de Diadema (região da grande São Paulo). A média de C/V no vestibular 2010 desta instituição indicou que na modalidade presencial 654 candidatos se inscreveram para 90 vagas (média de 7,27 C/V). Na modalidade a distância do curso oferecido pela UNIFESP, o vestibular 2010 da instituição contabilizou 590 inscritos para 90 vagas (média de 6,56 C/V). Na mesma região (grande São Paulo), o curso de licenciatura UNIVESP/USP alcançou 12,73 C/V.

Outro curso da área de Ciências, o de Licenciatura em Matemática/Física, oferecido na modalidade presencial na USP, alcançou na cidade de São Paulo 711 inscritos para 260 vagas (média de 2,73 C/V), segundo dados da Fuvest 2010. Já o curso de licenciatura em Química na USP de São Paulo, modalidade presencial, alcançou 4,63 C/V no vestibular 2010.

"A elevada média de inscritos indica o potencial da UNIVESP e a aceitação do ensino semipresencial por parte dos inscritos", afirma Carlos Vogt, Secretário de Ensino Superior do Estado de São Paulo e responsável pela coordenação do Programa UNIVESP. "Trata-se do primeiro curso de graduação semipresencial da USP, sem dúvida um momento histórico na expansão do ensino público, gratuito e de qualidade", completa Vogt.

Locais de prova

A Fuvest também divulgou no dia 3/9 os locais de prova para o processo seletivo do curso de Ciências. Veja abaixo:

Polo Piracicaba

Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ-USP)

Av. Pádua Dias, 11 - Agronomia

Pavilhão de Engenharia

Piracicaba - SP

Polo Ribeirão Preto

E.E. Dr. Guimarães Júnior

Rua Lafaiete, 584 - Centro

Ribeirão Preto - SP

Polo São Carlos

Escola de Engenharia de São Carlos (EESC-USP)

Av. Trabalhador São-carlense, 400 - Bloco C

São Carlos - SP

Polo São Paulo

Escola Politécnica (EP-USP) Prédio Biênio

Av. Prof. Almeida Prado, Travessa 2, 138

Cidade Universitária - Bairro do Butantã

São Paulo - SP

Polo São Paulo

Instituto de Matemática e Estatística (IME-USP)

Rua do Matão, 1010

Cidade Universitária - Bairro do Butantã

São Paulo - SP

Agendada para domingo, dia 12/9, a prova terá cinco horas de duração. O candidato deve comparecer ao polo indicado como sua primeira (ou única) opção na inscrição. É importante que o candidato verifique sua primeira opção antes de sair de casa, pois não serão admitidos candidatos fora do local designado pela Fuvest. Na cidade de São Paulo São Paulo há dois locais de prova.

Os portões das escolas serão abertos às 12h30 e fechados às 13h, quando começa o exame. Não serão admitidos candidatos retardatários. É obrigatória a apresentação do RG, no dia do exame, para identificação do candidato. A Redação vale 30 pontos e a prova de testes de Conhecimentos Gerais 50 pontos, com cada questão valendo um ponto. Será desclassificado o candidato que obtiver zero na prova de Redação ou um número de pontos menor ou igual a 12 na prova de Conhecimentos Gerais.

Os bônus a serem concedidos na nota final, aos candidatos que, na inscrição, declararam-se incluídos nas situações previstas (Manual do Candidato, pág. 7, publicado no site da Fuvest www.fuvest.br), deverão ser comprovados na matrícula, obrigatoriamente. Aconselha-se a esses candidatos que providenciem, com antecedência, os respectivos documentos, junto às escolas públicas em que atuam ou atuaram.

A primeira chamada para matrícula ocorrerá em 1º/10, com matrículas nos dias 4/10 e 5/10. A segunda chamada ocorrerá no dia 8/10, com matrícula no dia 13/10. Os locais e horários para a realização das matrículas serão divulgados juntamente com as listas de aprovados nos dias 1º e 8/10, sempre no site da Fuvest.

As aulas iniciam-se no dia 18/10. Os locais e horários das aulas presenciais serão informados na matrícula e todas as demais informações sobre o processo seletivo estão no Manual do Candidato.

Curso

O objetivo é formar profissionais capacitados para atuar na educação básica, com foco na educação científica, área em que o Brasil ainda é carente. Na última avaliação internacional do Programa Internacional de Avaliação dos Estudantes (PISA), de 2006, o Brasil ficou na 52ª posição em desempenho em ciências, entre os 57 países avaliados.

A carga horária do curso é de 2835 horas, sendo que 1800 horas respondem aos conteúdos de formação, 405 horas referentes ao estágio supervisionado e 210 horas destinadas às atividades acadêmico-científico-culturais. A carga horária presencial será cumprida nos polos de atendimento, com a periodicidade de até duas vezes por semana. A carga horária a distância corresponde a 52% do total do curso.

As atividades presenciais e não presenciais serão subsidiadas por material impresso, articulados com as demais atividades no ambiente virtual de aprendizagem e com a programação da UNIVESP TV, construída sob a coordenação dos professores especialistas da USP, em parceria com a Fundação Padre Anchieta.

Tecnologias

O novo curso fará uso intensivo das novas Tecnologias de Comunicação e de Informação (TICs) no ensino, com 52% da carga horária desenvolvida por atividades a distância, o que garante flexibilidade de horário e possibilita a quem vive longe dos grandes centros ou a quem já está no mercado de trabalho - como professores em exercício - cursar a graduação.

É o que já acontece no curso de graduação em Pedagogia semipresencial oferecido pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP) no âmbito do Programa UNIVESP desde o início do ano. Justamente pelo caráter semipresencial de ensino público, gratuito e de qualidade, a relação candidato/vaga do vestibular de Pedagogia semipresencial UNIVESP/UNESP (5,9) foi quase quatro vezes maior do que a média nacional de relação C/V dos cursos de pedagogia (privados ou públicos), de acordo com os últimos dados do Inep/MEC (que é 1,3).

O curso de Licenciatura em Ciências abrangerá as diversas áreas das ciências e contribuirá para a formação dos professores para aperfeiçoá-los em relação à evolução das ferramentas voltadas para o ensino. Um dos objetivos é formar profissionais capazes de inovar e acompanhar mudanças trazidas por novas tecnologias e adaptar-se a modernização da sociedade, processo esse que começa nos bancos escolares.

UNIVESP

A Universidade Virtual do Estado de São Paulo (UNIVESP) foi criada pelo decreto nº 53.536 de 9 de outubro de 2008 com o objetivo de ampliar o acesso à educação superior pública, em parceria com as três universidades paulistas - USP, Unicamp e Unesp - e com o Centro Paula Souza. A estrutura consorciada da UNIVESP agrega ainda outras importantes instituições, entre elas a Fundação Padre Anchieta, a Fapesp, a Fundap e a Procuradoria Geral do Estado.

Os cursos oferecidos pela UNIVESP têm o seu projeto acadêmico e seus conteúdos formulados pelas instituições de ensino que os propõem. São elas também as responsáveis pelo processo de seleção para o ingresso dos alunos, bem como pela avaliação de seu desempenho nos cursos. À UNIVESP cabe garantir as condições materiais, financeiras e tecnológicas para a realização desses cursos, acompanhando, de modo integrado com a instituição parceira, a sua realização, o seu desenvolvimento e o aproveitamento dos alunos neles matriculados.