Notícia

Valor Econômico

Vergonha que pode virar trunfo

Publicado em 26 agosto 2014

Por José Eli da Veiga
Como encarar o disparate de o Brasil ocupar o 112º lugar no ranking mundial do saneamento? Impossível encontrar justificativa econômica, já que é uma área na qual os investimentos públicos registram as mais altas taxas de retorno. Segundo o Banco Mundial, variam de 17% a 55%, com benefícios de duas a oito vezes seus custos. A explicação é obviamente política: os adultos que continuam a ver seus filhos vulneráveis ao contato com esgotos a céu aberto são os mais desvalidos da população, impedidos de competir com os poderosos [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.