Notícia

Programa Cenários Logísticos

Vencedores do 13º Prêmio SAE BRASIL de Jornalismo Mercedes-Benz são anunciados na Fenatran

Publicado em 17 outubro 2019

Por Programa Cenários Logísticos

Os vencedores do 13º Prêmio SAE BRASIL de Jornalismo – Mercedes-Benz foram anunciados nesta quarta-feira (16/10), em cerimônia no estande da Mercedes-Benz na Fenatran. Quinze profissionais de imprensa tiveram seus trabalhos premiados nas categorias mídia impressa, eletrônica e, pela primeira vez, vídeo. O Prêmio reconhece reportagens que tratam de temas relativos à tecnologia da mobilidade em pelo menos um dos modais – automotivo, aeroespacial, ferroviário e naval, publicadas no Brasil. O primeiro lugar em cada categoria recebeu prêmio em dinheiro no valor de R$ 3.000,00 e duas matérias em cada categoria receberam menção honrosa no valor de R$ 1.000,00 cada, totalizando R$ 15.000,00 em prêmios. Além disso, duas reportagens em cada categoria foram certificadas como destaque.

Na categoria mídia impressa, o vencedor foi o jornalista André Barros, da Revista AutoData, com a reportagem “Beca e crachá”, escrita em conjunto com Marcos Rozen, que mostra como parcerias entre instituições de ensino e indústria automotiva trazem benefícios para pesquisa e desenvolvimento com a capacitação de profissionais.

As duas menções honrosas em mídia impressa foram para Rodrigo Ribeiro, da Revista Quatro Rodas, pela matéria “A força da lei”, que evidência como o rigor das legislações cria cada vez mais desafios aos designers automotivos, e para Diogo de Oliveira, da Revista Autoesporte, com a reportagem “Especial PcD: Tem desconto? O interesse pelos chamados ‘Carros para PcD’, com isenção de impostos, nunca foi tão alto no Brasil. Mas é preciso entender por que – e por quem – esses veículos não pagam taxas”.

Os dois destaques da categoria foram para o jornalista Adair Santos, do Jornal NH, de Novo Hamburgo (RS), pela reportagem “Inovações amigas do transporte”, em que mapeia as principais tecnologias que ajudam a reduzir custos e tempo no transporte de cargas. E para José Antonio Leme, do Jornal do Carro pela matéria “Segurança sobre duas rodas”, que traz inovações que chegarão às motocicletas a partir de 2020, como ACC (controlador de velocidade de cruzeiro adaptativo), alertas de ponto cego e de risco de colisão.

Na categoria mídia eletrônica o vencedor foi o jornalista Pedro Kutney, do Portal Automotive Business, pela reportagem “Veículos Euro 6 no Brasil enfrentarão dificuldades”, em que destaca os desafios da adoção da motorização com sistemas de pós-tratamento Euro 6 no Brasil, especialmente em razão da qualidade variável do diesel e condições adversas de rodagem no País.

A primeira menção honrosa em mídia eletrônica foi para Gabriel Francisco Ribeiro, do UOL, pela matéria “Como vai funcionar o Uber voador que pode ser testado no Brasil em 2020”, na qual conta como é o Uber Air elétrico, chamado de VTOL (Vertical Take-off and Landing), que pode ser definido como uma mistura de helicóptero com drone. A segunda foi para Tarcísio Dias, do portal Mecânica Online, pela reportagem “Será que veículos de “zero emissão” são de verdade “zero emissão”?”, que propõe uma análise de emissões de toda a cadeia de produção dos automóveis elétricos desde a fabricação até sua eliminação, e não apenas quando ele é entregue ao cliente.

Os destaques em mídia eletrônica foram atribuídos a Elton Alisson de Moura, da Agência FAPESP, pelo conteúdo “Indústria automotiva passa por maiores transformações das últimas décadas”, em que analisa quem vai prevalecer no novo cenário de competitividade tecnológica no setor automotivo: as montadoras, as empresas de tecnologia ou ambas?; e Henrique Koifman, do blog Rebimboca, publicado no portal O Globo, com a matéria “Que tal nunca mais gastar nada para abastecer seu carro?”, na qual descreve um pequeno carro urbano elétrico comum desenvolvido na Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC que tem suas baterias recarregadas exclusivamente com a carga fornecida por placas fotovoltaicas instaladas na garagem que ocupa.

Por fim, o primeiro lugar em vídeo, nova categoria do Prêmio, foi para Isadora Carvalho, da Webmotors pela reportagem “Preparador Deixa Antigos com Conforto de Carro Novo”, feita com Teco Caliendo, restaurador que deixa modelos clássicos com a dirigibilidade e o conforto de modelos novos.

Uma das menções honrosas em vídeo foi para Alexandre Akashi, do canal O Crítico Automotivo pelo vídeo reportagem “PARK ASSIST – Será que realmente funciona?” sobre os chamados assistentes de estacionamento que já são disponibilizados por algumas montadoras e que realizam manobras de forma semiautomática para facilitar na hora de estacionar os veículos.

A segunda menção honrosa da categoria foi para André Paixão, do G1, pelo vídeo “O quanto roda, onde recarregar, custo… como é o dia a dia com carros elétricos”, que traz o resultado de cinco dias de testes de dois modelos de carros elétricos.

Os destaques foram para Carolina Villacreces e a equipe do programa Via Legal, da TV Cultura / TV Justiça / TV Brasil, pela reportagem “Aplicativo de ônibus ganha o direito de continuar operando em SP, mas com restrições”, em que mostra os desafios de uma startup com quase 800 mil usuários cadastrados que conquistou na Justiça o direito de fazer viagens; e Rafaela Borges, do canal Jornal do Carro, do Estadão, no YouTube, pela matéria “Os carros do futuro no Salão do Automóvel”, que mostra em detalhes protótipos que antecipam as tendências futuras.

“Os jornalistas e os veículos de comunicação desempenham um papel fundamental ao tornar toda a tecnologia desenvolvida por nós, engenheiros, palatável para o grande público. Numa época altamente disruptiva em que a mobilidade é constantemente desafiada a se tornar cada vez mais sustentável e tecnológica, o trabalho de vocês se torna ainda mais relevante para informar a população sobre o que vem sendo desenvolvido para melhorar a vida e a mobilidade das pessoas”, afirmou o diretor geral da SAE BRASIL, Otacilio Gomes Junior. A cerimônia de entrega dos prêmios contou com a participação do presidente da SAE BRASIL, Mauro Correia, do diretor presidente da EDAG, Martin Vollmer, e o gerente sênior de Desenvolvimento de Produto da Mercedes-Benz do Brasil, Camilo Adas.

Os jurados desta edição do Prêmio foram o jornalista Fernando Calmon, uma das principais referências no jornalismo automotivo, atualmente editor da coluna Alta Roda – publicada em uma rede de 98 jornais, sites e revistas – e o canal Os Especialistas no Youtube; Décio Costa, diretor do Portal AutoIndústria, que possui mais de 25 anos de atuação em diversos veículos de comunicação que cobrem o setor; e Ricardo Simões de Abreu, Conselheiro SAE BRASIL. A 13ª edição do Prêmio SAE BRASIL de Jornalismo Mercedes-Benz do Brasil teve também patrocínio da EDAG.

O Prêmio SAE BRASIL de Jornalismo foi criado em 2007 como um incentivo à cobertura jornalística em âmbito nacional sobre tecnologias aplicadas à mobilidade. Ao longo desses anos foram inscritas milhares de reportagens produzidas no Brasil, que são um importante registro de toda a evolução pela qual passa o setor

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
Jornal Folha Noroeste Portal Fator Brasil