Notícia

Jornal Primeira Página

Vamos aprender mais

Publicado em 07 abril 2019

O Diretor do Instituto de Física de São Carlos (IFSC/ USP- USP), pesquisador e docente do Instituto de Física da USP de São Carlos(SP), o Prof. Dr. Vanderlei Salvador Bagnato, é o vencedor do “Prêmio Almirante Álvaro Alberto 2019”, sendo esta a maior honraria concedida pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) a um pesquisador brasileiro.

Sendo formado em Física pela Universidade de São Paulo (USP) e Engenharia de Materiais pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), tendo doutorado em física pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT), e pós doutorado pela Universidade de Maryland, e sua livre-docência pela USP, tendo um vasto curriculum vitae reconhecido internacionalmente ( Currículo do Sistema de Currículos Lattes: Vanderlei Salvador Bagnato). Inúmeros artigos científicos e educativos publicados nacionalmente e internacionalmente, e autor e co-autor de livros especializados em sua área de domínio, foi ganhador do Prémio “ José Reis” em divulgação científica, somando aos inúmeros títulos e prêmios de reconhecimento nacional e internacional em sua trajetória.

Sendo coordenador do Centro de Pesquisa em Óptica e Fotônica (CEPOF – IFSC – USP – CEPID/FAPESP) e do Instituto Nacional em Óptica e Fotônica (INOF) - Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (INCT) de Óptica Básica e Aplicada às Ciências da Vida do CNPq, onde destacamos alguns títulos recebidos, sendo: Pesquisador Emérito do CNPq em 2018, ganhador do Prêmio Mercosul de Ciência e Tecnologia, em 2015, e de Comendador da Ordem Nacional do Mérito Científico, concedido pela Presidência da República, em 2007. É membro da Academia Brasileira de Ciências, The Academy of Sciences for the Developing World, da Academia Pontifícia de Ciências do Vaticano, e da National Academy of Sciences (USA), dentre outras.

Concedido em parceria com a Fundação Conrado Wessel e a Marinha do Brasil, o “Prêmio Almirante Álvaro Alberto” é considerado a maior do País em ciência e tecnologia e este ano destacou a categoria Ciências Exatas, da Terra e Engenharias. O prêmio será entregue no dia 15 de maio, na Escola Naval, no Rio de Janeiro. Na ocasião, também serão entregues os títulos de Pesquisador Emérito do CNPq e Menções Honrosas de Agradecimentos deste ano.

Fontes: Adv. Kleber Chicrala – Jornalista e Radialista - Jornalismo Científico do INOF – CEPOF – IFSC – USP (https://suportenlti. wixsite.com/kleberchicrala) e Coordenação de Comunicação Social do CNPq e Vatican News