Notícia

Jornal Primeira Página

Vamos aprender mais

Publicado em 24 março 2019

Ótica Tecidual, Microscopia e Imagem, Nanomedicina, Neurofotônica, Terapia Fotodinâmica, Biossensores, Diagnóstico e Tratamento do Câncer, Técnicas não lineares, Técnicas de Espectroscopia. Estes são os temas em destaque da São Paulo School of Advanced Science on Modern Topics in Biophotonics, que teve início no dia 20 do corrente mês, no Instituto de Física de São Carlos (IFSC) - USP, prolongando-se até dia 29, evento que é considerado um dos mais importantes eventos científicos inseridos na Escola São Paulo de Ciência Avançada, apoiada pela FAPESP, e com a participação e organização dos pesquisadores membros do Centro de Pesquisa em Óptica e Fotônica (CEPOF) – IFSC – USP, coordenado pelo Prof. Dr. Vanderlei Salvador Bagnato.

Além das palestras que foram e serão apresentadas por renomados pesquisadores nacionais e internacionais, que certamente contribuirão para um intercâmbio de conceitos científicos e avanços tecnológicos na área da Óptica Biomédica e áreas correlatas, este evento oferece, ainda, diversos cursos com focos específicos, tudo integrado em uma programação que tem como público-alvo alunos de pós-graduação e pesquisadores em início de carreira (pós-doutorados). A programação do primeiro dia deste evento começou com a realização de um curso ministrado pelo Prof. Valery Tuchin, diretor do Research-Educational Institute of Optics and Photonics – Universidade Estadual Saratov (Rússia). O pesquisador é especialista, entre outras áreas, em óptica biomédica, biofotônica, bionanofotônica e óptica tecidual. Seguidamente, cerca das 11 horas, School of Advanced Science on Modern Topics in Biophotonics Coluna Kleber Chicrala Jornalismo Científico MTB-SP 41532 e OAB - SP 125453 - OAP Portugal 49328P https://suportenlti.wixsite.com/Kleberchicrala Advogado e Jornalista

VAMOS APRENDER MAIS foi a vez da Profª Dra Denise Maria Zezell proferir a primeira palestra deste evento. Zezell Possui bacharelado (1984), mestrado (1987) e doutorado (1991) em Física pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e especialização em física médica pelo International Center for Theoretical Physics- Trieste, Itália (1988 e 1990). Fez pós-doutorado no International Center for Theoretical Physics- Trieste, Itália (1992) e no Centro de Lasers e Aplicações do IPEN/CNEN-SP (1992- 1995). É pesquisadora titular do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares da Comissão Nacional de Energia Nuclear desde 1996, do qual foi Gerente Adjunta do Centro de Lasers e Aplicações em 2008. De 2009 a 2013 foi Coordenadora do Programa de Mestrado Profissional em Lasers em Odontologia do IPEN, em conjunto com a FOUSP. De 2013 a 2015 foi vice-coordenadora do Programa de Mestrado e Doutorado em Tecnologia Nuclear da USP. Sua área de atuação é em física, biofotônica, no estudo das propriedades ópticas e espectroscópicas de tecidos biológicos, principalmente por micro-FTIR e fluorescência , visando o desenvolvimento de novos processos diagnósticos e terapêuticos para aplicações clínicas de lasers em odontologia e medicina. Recentemente, a pesquisadora tem se dedicado à busca de biomarcadores para determinação dos efeitos da radiação ionizante em tecidos biológicos e ao estudo do diagnóstico precoce de tumores de pele por espectroscopia vibracional (biópsia óptica por FTIR).

Já no período da tarde, a programação iniciou-se com mais um curso, desta vez apresentado pela Profª Mariette Pereira, pesquisadora do Departamento de Química da Universidade de Coimbra (Portugal). A pesquisadora portuguesa tem como área de atuação a síntese de ligantes à base de bifaftil para o desenvolvimento de catalisadores assimétricos para reações de carbonilação, hidrogenação e síntese de macrociclos tetrapirrólicos para aplicações biomédicas e catálise ambiental. A programação relativa a este primeiro dia da São Paulo School of Advanced Science on Modern Topics in Biophotonics encerrou com outro curso, desta vez ministrado pelo Prof. Kleber Oliveira (UFSCar). A principal linha de pesquisa do palestrante é na área de síntese de compostos heterocíclicos com atividades fotossensibilizadoras e fotocatálise, entre outras. Complementarmente, realizou-se a apresentação do SPIE Student Chapter do IFSC/USP, bem como a primeira parte de uma síntese das pesquisas que nosso Instituto faz na área de Biofotônica. A organização deste evento está sob a responsabilidade dos pesquisadores Cristina Kurachi, Lilian Moriyama, Natália Inada, Sebastião Pratavieira e Vanderlei Salvador Bagnato, todos do IFSC/USP e membros do CEPOF – IFSC -USP, e de Rickson Mesquita, do Instituto de Física da UNICAMP. A Programação Completa do Evento com todos os palestrantes está em: https:// www.biophotonics2019br. com/program Fontes: Assessoria de Comunicação – IFSC/USP e Jornalismo Científico do INOF – CEPOF – IFSC – USP