Notícia

Investe São Paulo

Vale pode receber centro de pesquisa aplicada em Inteligência Artificial

Publicado em 18 dezembro 2019

Empresas e instituições de pesquisa do Vale do Paraíba poderão participar do edital para criação de CPA (Centro de Pesquisa Aplicada) em Inteligência Artificial.

As regras serão publicadas nesta quarta-feira, por meio de uma parceria entre o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação, a Fapesp (Fundação de Apoio à Pesquisa de São Paulo) e o Comitê Gestor da Internet no Brasil.

Ao todo, o Ministério da Ciência anunciou a criação de oito centros de Inteligência Artificial no país, sendo que quatro serão abertos com a publicação do edital.

Desses quatro, dois centros serão instalados no estado de São Paulo, podendo ter foco em áreas como saúde, agricultura, indústria e cidades inteligentes.

Segundo o Ministério da Ciência, cada centro poderá receber até R$ 1 milhão por ano da Fapesp e mais R$ 1 milhão das empresas privadas parceiras. Os centros serão apoiados por cinco anos, renováveis por mais cinco, dependendo dos resultados alcançados.

"Os CPAs se dedicarão ao desenvolvimento de pesquisas científicas, tecnológicas e de inovação, aplicadas e orientadas à resolução de problemas que possam ser resolvidas por meio de Inteligência Artificial", informou a pasta.

Polo de tecnologia e inovação do país, a RMVale é forte concorrente a brigar pela instalação de um dos centros.