Notícia

MundoGeo

Vale e Inpe desenvolvem projeto de monitoramento de mina por satélite

Publicado em 03 março 2015

A nova tecnologia que permite aumentar a segurança do trabalhador em operações da Vale no Complexo Minerador de Carajás, no Pará, foi destaque da Revista FAPESP, uma das mais importantes publicações do segmento de ciência e tecnologia do país.

A novidade é um sistema que capta imagens de alta definição das minas a céu aberto por satélites e fornece informações que permitem a detecção milimétrica de deslocamentos de terreno dos taludes e das demais estruturas que compõem o complexo minerador, como rampas de acesso, pilhas de disposição de estéril (material não aproveitado), correias transportadoras, barragens, estradas e ferrovias, entre outras. Com este monitoramento, os riscos de ruptura e desmoronamento dos taludes poderão ser identificados com mais precisão.

A inovação é resultado de um projeto de pesquisa desenvolvido no âmbito de um convênio firmado pela Vale com a Fundação de Aparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig) e a Fundação Amazônia Paraense (Fapespa).

Leia a matéria na íntegra aqui.

Fonte: Vale