Notícia

Tecnologia (Portugal)

Vacina contra o VIH vai ser testada em macacos

Publicado em 06 agosto 2013

Por Filipe Valente

A vacina brasileira contra o vírus causador da SIDA vai ser testada em macacos no segundo semestre deste ano, segundo revelou a agência de notícias da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.

A experiência com duração prevista de 24 meses tem como objetivo encontrar o método de imunização mais eficaz para ser usado em humanos. A vacina HIVBr18 foi desenvolvida pelos investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) Edecio Cunha Neto, Jorge Kalil e Simone Fonseca.

Ultrapassada esta fase e se houver financiamento, podem começar os primeiros ensaios clínicos. Cunha Neto é o coordenador deste trabalho que começou em 2001. Segundo o coordenador “os portadores de VIH que tinham os TCD4 citotóxicas conseguiam manter a quantidade de vírus sob controlo na fase crónica da doença”.

Segundo os investigadores, esta vacina, no atual estágio de desenvolvimento, não elimina completamente o vírus do organismo mas ajuda a manter a carga viral reduzida. Desta forma o doente não desenvolve a imunodeficiência e não transmite o vírus.

O sistema imunológico dos primatas assemelha-se ao dos humanos, daí a última etapa dos testes pré-clínicos ser realizada em macacos. Neste teste vai ser avaliada a segurança da vacina e verificada a magnitude da resposta imune que poderá desencadear. O tempo de permanência dos anticorpos no organismo também vai ser analisado.