Notícia

Jornal VS (São Leopoldo, RS) online

Vacina brasileira contra a Aids será testada por pesquisadores em macacos

Publicado em 05 agosto 2013

São Paulo  - A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) anunciou, nesta segunda-feira, mais um avanço no quesito da vacina brasileira contra o vírus HIV. O medicamento será testado em macacos a partir do segundo semestre, em uma colônia da espécie rhesus, mantida pelo Instituto Butantan. Conforme publicado no G1, a previsão é que o trabalho dos pesquisadores nesta fase dos experimentos seja de pelo menos 24 meses

O projeto a partir do imunizante (HIVBr18), que é contido na vacina e foi patenteado pelos cientistas da Faculdade de Medicina da USP, teve início em 2001, desenvolvido por três pesquisadores: Edecio Cunha Neto, Jorge Kalil e Simone Fonseca.

A Fapesp informou ao G1 que a vantagem de fazer os testes é a similaridade entre o sistema imunológico humano e o dos macacos, e o fato de eles serem suscetíveis ao vírus SIV, que deu origem ao HIV.