Notícia

Folha de S. Paulo

USP vai usar células de embrião para estudar doença degenera

Publicado em 08 novembro 2005

Por Reinaldo José Lopes
Biotecnologia — Grupo recorreu de financiamento negadoDa Reportagem LocalUma das principais cientistas a lutar pela liberação dos estudos com células-tronco embrionárias no Brasil finalmente vai poder pesquisar o tema. Mayana Zatz e seus colegas do Instituto de Biociências da USP recorreram com sucesso de uma decisão do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), que havia negado financiamento a um projeto deles na área."Eles diziam que nós não tínhamos experiência suficiente na área. Respondi que [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.