Notícia

Folha de S. Paulo

USP testa autopsia ‘delivery’ e menos invasiva

Publicado em 04 março 2017

Por Cláudia Collucci
A USP está testando autópsias minimamente invasivas feitas com ajuda de ultrassom, tomografia e ressonância magnética. A ideia é comparar a eficácia desses métodos com a necropsia convencional (que abre o corpo para analisar os órgãos). Também será estudada uma "autópsia delivery", em que o procedimento poderá ser a ser feito no local de morte –numa UTI, por exemplo. O projeto, pioneiro no país, reúne mais de cem pesquisadores de vários departamentos da USP e conta com o apoio financeiro da Fundação Bill & Melinda [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.