Notícia

USP São Carlos

USP Talks discute o futuro da ciência no Brasil

Publicado em 01 setembro 2020

Por Herton Escobar – Jornal da USP

Ex-presidentes do CNPq e da Fapesp falarão sobre os desafios da nova conjuntura política, econômica e social, agravada pela pandemia. Evento ocorre nesta terça, das 19h às 20h, no Canal USP do YouTube

A pandemia do novo coronavírus exaltou a importância da ciência perante a sociedade, mas tende a agravar a escassez de recursos para pesquisas e bolsas no Brasil nos próximos anos. Como lidar com isso? Quais são os principais desafios e oportunidades que se apresentam para a ciência brasileira nessa nova conjuntura econômica, política e social?

Este será o tema do próximo USP Talks, que ocorre nesta terça-feira, 1º de setembro, das 19h às 20h, com os professores Glaucius Oliva, da Universidade de São Paulo (USP), e Carlos Henrique de Brito Cruz, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

O PL 529 do governo do Estado de São Paulo, que trata do superávit financeiro das universidade públicas e da Fapesp; o PLOA 2021 e o PLP 135 do governo federal, que tratam do orçamento de ciência para o próximo ano e do descontingenciamento do Fundo Nacional para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT); e as novas regras para distribuição de bolsas e recursos do CNPq e Capes deverão ser alguns dos temas abordados.

O evento terá transmissão ao vivo pelo Canal USP do YouTube, e haverá oportunidade para perguntas do público. Para participar, entre neste link: https://youtu.be/dQdTLrjtBqA

Sobre os nossos palestrantes:

Glaucius Oliva é professor titular do Instituto de Física de São Carlos, da USP; ex-presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)

Carlos Henrique de Brito Cruz é professor do Instituto de Física Gleb Wataghin, da Unicamp; ex-presidente e diretor científico da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp)

O USP Talks é uma iniciativa da Pró-Reitoria de Pesquisa da USP, que busca apoiar a divulgação da ciência e reforçar a relacionamento da universidade com a sociedade. Os eventos anteriores anteriores podem ser vistos no canal USP Talks e no Canal USP do YouTube.

 

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
Jornal da USP online