Notícia

Computer World - Brasil

USP será o lar do Centro de Pesquisa em IA mais avançado do Brasil

Publicado em 03 outubro 2019

A universidade foi a vencedora de um projeto criado em parceria pela IBM e FAPESP, que terá até US$ 2 milhões em investimentos

Em fevereiro, a IBM e a FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) anunciaram uma chamada de propostas para universidades e institutos de pesquisa localizados no Estado de São Paulo com interesse de sediar um Centro de Inteligência Artificial. Nessa semana, as instituições selecionaram a Universidade de São Paulo (USP) como parceira para a criação Centro, que ficará sob supervisão do programa de Centro de Pesquisa em Engenharia (CPE) da FAPESP.

As atividades do centro começarão no início de 2020 e tem como objetivo aplicar tecnologias disruptivas em segmentos, como finanças, agronegócio e saúde. O acordo terá 10 anos de duração e receberá até US$ 2 milhões em financiamentos: US$ 500 reservados por IBM e FAPESP, cada, e até US$ 1 milhão por parte da USP para aplicar em instalações físicas, laboratórios, professores, técnicos e administradores para gerir o Centro.

Tecnologia para pesquisa

O Instituto de IA ficará localizado no Centro de Inovação InovaUSP e será o primeiro da América Latina que fará parte do IBM IA Horizons Network (IAHN), iniciativa criada pela empresa em 2016 para promover a integração e a colaboração entre as principais universidades do mundo, estudantes e pesquisadores da IBM comprometidos em acelerar a aplicação de IA.

Dentro da rede do IAHN, são trabalhadas pesquisas envolvendo temas como assistência médica, processamento e reconhecimento de imagem, aprendizado de máquina, processamento de linguagem natural e tecnologias relacionadas.