Notícia

Valor Econômico online

USP sem fronteiras

Publicado em 27 janeiro 2012

Por Marli Olmos
Do antigo edifício de oito andares só restou o esqueleto. Ladeada por duas estruturas mais baixas, em formato de L, com três andares cada uma, a fachada da torre central terá preservado o estilo original, da década de 1950. Já a parte interna, completamente demolida, receberá acabamento mais moderno. Assim que a revitalização for concluída, daqui a alguns meses, reitor, vice-reitores, pró-reitores e conselho universitário voltarão a ocupar o prédio que há muitos anos deixou de ser a sede da administração.   "Uma [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.