Notícia

EPTV

USP promove lançamento de núcleo de pesquisa na Esalq

Publicado em 25 maio 2011

Por Suzana Amyuni

A Esalq (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz/USP) ganha um novo espaço para congregar professores da USP que desenvolvem pesquisas sobre bioenergia. O Núcleo de Apoio à Pesquisa em Bioenergia e Sustentabilidade (NAPBS) será lançado pelo reitor da USP, João Grandino Rodas, em 3 de junho, dia em que a Instituição piracicabana completa 110 anos.

O NAPBS envolve grupos de pesquisa que trabalham com diversos temas, entre os quais, agricultura e genética de plantas, estudos de paredes celulares e mecanismos moleculares da decomposição da celulose até o desenvolvimento de tecnologias de bioenergia de segunda geração em escala industrial, uso racional de energia, química verde, e impactos sócio-econômicos e ambientais.

"Esse núcleo vai facilitar a busca de alternativas em bioenergia e ampliar a utilização dos equipamentos e dos recursos oferecidos pela Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo)", explica Antonio Roque Dechen, professor da Esalq e coordenador científico do Núcleo.

Segundo a assessoria de imprensa da instituição, o NAPBS tem ainda outras finalidades, tais como treinamento de recursos humanos em nível de graduação, pós-graduação e extensão, geração de oportunidades por meio da convergência de pequenas empresas de base e criação de cursos nas áreas de Bioenergia e Ambiente.

Expansão

De acordo com o e coordenador científico do Núcleo, sua criação significa um grande avanço para as pesquisas. "Porque além de permitir integração de esforços na busca de um desenvolvimento coordenado de relevância científica e econômica, vai facilitar a transferência de conhecimento para o setor produtivo e, consequentemente uma maior produtividade", analisa Dechen.

A expectativa é que essa troca de conhecimento na área aconteça também com universidades do exterior. "A princípio, o Núcleo vai buscar uma ação com EUA, França e Japão", antecipa.