Notícia

Energia Hoje

USP pesquisa renováveis

Publicado em 24 novembro 2011

Por Felipe Grandin

Um novo centro de pesquisas de energias renováveis será criado no campus da USP em São Carlos (SP). O núcleo ocupará uma área de 216 mil m² e será construído até 2014, com verba de R$ 20 milhões da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). A unidade concentrará projetos de pesquisa sobre geração de energia a partir de biomassa.

O Polo Temático em Energias Renováveis e Meio Ambiente (Polo TErRA), como é chamado, reunirá especialistas de três universidades públicas paulistas, USP, Unesp e Unicamp. Segundo seus organizadores, o objetivo é facilitar a troca de conhecimento entre os pesquisadores, o que é difícil atualmente pela grande dimensão e dispersão das instituições.

A pesquisa será dividida em seis eixos: produção de biomassa, genômica funcional, transformação da biomassa em biocombustíveis, morfologia e composição de biomassa, processos industriais e sustentabilidade.

O centro começará a ser construído em 2012 e as obras têm duração prevista de dois anos. O prédio será dividido em três blocos. Terá um teatro principal com capacidade para mil pessoas e dois espaços, de 2.700 m² cada, destinados a eventos, além de estacionamento para 1.300 mil veículos.

O objetivo é que o prédio seja sustentável. Entre as medidas adotadas no projeto estão: ventilação natural, captação de água pluvial, janelas basculantes no teto do último andar para dispensar uso de energia elétrica, vigas de sustentação feitas de madeira, entre outras.

A iniciativa faz parte do Núcleo de Apoio à Pesquisa em Bioenergia e Sustentabilidade (NAPBS), lançado em junho na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da USP (Esalq/USP), em Piracicaba, e do Centro Paulista de Pesquisas em Bioenergia.