Notícia

BOL

USP lança programa de pós-graduação em sustentabilidade

Publicado em 18 junho 2012

Agência FAPESP

A USP (Universidade de São Paulo) lançará na semana que vem, durante a RIO+20, o programa de pós-graduação em sustentabilidade.

É o primeiro programa stricto sensu do gênero no Brasil e o primeiro doutorado da EACH (Escola de Artes, Ciências e Humanidades), campus leste da USP. O curso foi aprovado este ano pela Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) e terá processo seletivo no segundo semestre.

“O programa se propõe a formar profissionais capazes de inserir as ações necessárias à implementação de princípios e práticas de sustentabilidade nas atividades que se referem ao uso e à preservação de recursos naturais pelas sociedades atuais”, disse o professor Marcelo Nolasco, coordenador do programa.

Segundo Nolasco, o programa terá duas abordagens. A abordagem conceitual e teórica tratará de uma nova forma de pensar a utilização de recursos a partir da qual todos os problemas devem buscar soluções que passem por ações e resultados sustentáveis.

“E a abordagem instrumental buscará formar o egresso nas áreas de conhecimento relacionadas às práticas baseadas em sustentabilidade e capacitá-lo a conhecer, desenvolver e aplicar políticas, instrumentos e técnicas consolidados ou novos”, disse.

A proposta do Programa de Pós-Graduação em Sustentabilidade é apoiada em duas linhas de pesquisa: ciência e tecnologia ambiental e gestão ambiental.

O programa de pós-graduação em sustentabilidade da EACH prevê a formação de pesquisadores, mestres e doutores com perfil interdisciplinar e está voltado à construção de conhecimentos teóricos, metodológicos e empíricos necessários para uma agenda da sustentabilidade no Brasil.

Entre os docentes do novo programa estão pesquisadores renomados como Adolpho José Melfi (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz e reitor da USP de 2001 a 2005), Jean Paul Metzger (Instituto de Biociências) e Paulo Saldiva (Faculdade de Medicina).