Notícia

Jornal da USP online

USP ganha rede acadêmica em 100 Gbps

Publicado em 15 maio 2013

A USP estabeleceu, em 26 de abril, o primeiro canal de comunicação de 100 Gbps de sua rede de comunicação (USPnet), interligando o Centro de Computação Eletrônica (CCE) ao Laboratório de Arquitetura e Redes de Computadores (Larc) da Escola Politécnica. Os equipamentos envolvidos nesta interconexão foram adquiridos pelo projeto denominado Conexão à Rede ANSP, financiado com recursos da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), que foi criado em 2002 e é anualmente renovado desde então.

A coordenação deste projeto, durante o ano de 2012, foi exercida pelo professor Edson dos Santos Moreira, especialista em redes de computadores e docente do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em São Carlos. Na época, Moreira atuou como assessor do então responsável pela Superintendência de Tecnologia da Informação, professor Gil da Costa Marques. Mais recentemente, a Superintendência foi assumida pelo professor Antonio Roque Dechen. A docente responsável pela implantação do canal de 100 Gbps no Larc foi a professora Regina Melo Silveira.

Segundo o professor Jaime Simão Sichman, diretor do CCE, o órgão executor do projeto, trata-se de um marco importante na conectividade de rede da Universidade. “A USP foi pioneira na instalação de uma rede acadêmica de 10 Gbps, ocorrida em meados de 2003, quando interligamos o CCE ao ponto de ligação do Backbone da Escola Politécnica. Agora, dez anos depois, somos novamente pioneiros e conseguimos realizar uma ligação dez vezes mais rápida novamente entre o CCE e a Escola Politécnica”, afirma Sichman.

A nova tecnologia é 50 mil vezes mais rápida que o acesso em banda larga mais comum no Brasil (até 2 Mbps, segundo o estudo “NetSpeed Report – Ibope Nielsen Online”, de junho de 2012), possibilitando a realização de download de um DVD em menos de um segundo ou de um Blu-Ray em apenas quatro segundos.