Notícia

Agência C&T (MCTI)

USP entre as 100 melhores do mundo

Publicado em 09 dezembro 2007

São Paulo (Agência Fapesp)

- A Universidade de São Paulo (USP) é a 94.ª melhor universidade do mundo em produção científica, segundo o último levantamento elaborado anualmente pelo Conselho de Avaliação e Certificação em Ensino Superior de Taiwan. As cinco primeiras colocações ficaram com as Universidades de Harvard, Johns Hopkins, Washington, Stanford e Califórnia, todas nos Estados Unidos.

Na lista das 500 melhores, além da USP, o Brasil participa com outras cinco instituições: Universidade Federal do Rio de Janeiro (em 331.° lugar), Universidade Estadual de Campinas (332.°), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (462.°), Universidade Federal de Minas Gerais (478.°) e Universidade Esta dual Paulista (485.°).

A pesquisa, intitulada 2007 Performance Ranking of Scientific Papers for World Universities, avaliou a produção científica das instituições de acordo com três critérios: produtividade, impacto e excelência da pesquisa. No critério produtividade da pesquisa foram considerados os números de artigos publica dos nos últimos 11 anos, sobretudo em 2006. No quesito impacto da pesquisa foram atribuídos pontos ao número de citações nos últimos dois anos e a média das citações nos últimos 11.

Em excelência na pesquisa foram computados o indica dor de impacto denominado h-index nos últimos dois anos, o número de artigos mais citados, o número de artigos em jornais de grande impacto em 2006 e o número de campos do conhecimento nos quais a universidade demonstrou excelência nos últimos dez anos.

O trabalho utilizou dados quantitativos do Science Citation Index (SC1) e do Social Sciences Citation Index (SSCI). Para a reitora SuelyVilela, a inclusão da USP entre as 100 primeiras representa mais um importante reconhecimento no cenário científico internacional. A classificação demonstra a qualidade da produção científica desenvolvida na universidade e reflete a excelência da pesquisa realizada.

"Esse resultado, associado à classificação do Institute of Higher Education Shanghai Jiao Tong University, em que ficamos na 128.ª posição, e do ranking do The Times, na 175.a, demonstram o desenvolvimento sustentável da USP, que contribui com 28% da produção científica brasileira", ressaltou Suely.

Mais informações: www. heeact. edu. tw/ranking/index.htm.