Notícia

Portal do Governo do Estado de São Paulo

USP: Eleição vai definir lista tríplice de candidatos à Vice-Reitoria da Universidade

Publicado em 14 março 2006

Nesta terça-feira, dia 14, a partir das 13h30, na Secretaria Geral da Reitoria, terá início o processo que irá eleger o novo vice-reitor da USP. Como no segundo turno da eleição para a Reitoria, que aconteceu dia 8 de novembro do ano passado, o Colégio Eleitoral indicará os nomes dos candidatos que irão compor uma lista tríplice.
Os três nomes serão encaminhados ao governador Geraldo Alckimin que indicará, entre eles, o novo vice-reitor da USP que irá substituir o atual, o professor Hélio Nogueira da Cruz, da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da USP.
O Colégio Eleitoral tem um total de 300 membros e é composto pelo Conselho Universitário e pelos Conselhos Centrais, que são o Conselho de Graduação, Conselho de Pós-Graduação, Conselho de Pesquisa e Conselho de Cultura e Extensão.
A eleição será feita num único turno com três escrutínios. No primeiro e no segundo, o candidato precisa obter a maioria absoluta dos votos. No terceiro, não há a necessidade de se conseguir maioria, sendo escolhido o mais votado. Os três professores mais votados vão compor a lista tríplice.
Qualquer professor titular da USP é, teoricamente, candidato ao cargo, sem necessidade de inscrição prévia. Atualmente, entretanto, somente dois docentes se apresentaram para a disputa: Franco Maria Lajolo e Luiz Nunes de Oliveira. Neste caso, qualquer professor titular da USP pode ser indicado pelo Colégio Eleitoral para completar a relação de três membros da lista tríplice. Ainda assim, os dois candidatos oficiais precisam dos votos para fazerem parte da lista.

Candidatos
Franco Maria Lajolo é graduado em Farmácia e Bioquímica pela USP, onde também realizou o doutorado em Ciências dos Alimentos. Concluiu seu pós-doutorado no Massachusetts Institute of Technology, nos Estados Unidos. É professor titular desde 1977 na área de ciência e tecnologia dos alimentos. Já foi Pró-Reitor de Pós-Graduação, entre 1992 e 1993, diretor da Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF), em 1992, e presidente da Comissão de Atividades Acadêmicas do Conselho Universitário, de 2002 a 2005.
Suas linhas de pesquisa abordam as proteínas, a bioquímica e a biologia molecular do amadurecimento das frutas e os chamados alimentos funcionais. Em 2001 recebeu o prêmio André Tosello, da Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos (SBCTA). Foi homenageado nas comemorações dos 35 anos de Pós-Graduação da USP, em 2004, e no 1º Seminário de Tecnologia em Alimentos, em 2002. Tem muitos livros e artigos publicados, além de orientar vários mestrandos e doutorandos. Ele também é coordenador da Comissão de Alimentos Funcionais da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, do Ministério da Saúde e Conselheiro Nato da SBCTA, da qual já foi presidente entre 1995 e 1998.
Luiz Nunes de Oliveira é graduado em Física pela Universidade de São Paulo, onde realizou também o mestrado. Concluiu o doutorado na Ohio State University e fez dois pós-doutorados, na University of Califórnia e na Cornell University, todas instituições norte-americanas. Oliveira é professor titular da USP desde 1984 e ministra aulas na graduação e pós-graduação no Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Foi pró-reitor de pesquisa até 2005. Foi vice-diretor do IFSC e presidente da Comissão de graduação, de 1998 a 2001.
A linha de pesquisa do professor trata da correlação em sistemas eletrônicos. Com vários artigos publicados, já orientou diversos mestrados e doutorados. O professor também é coordenador da área de Física e Coordenador Adjunto da FAPESP, além de realizar assessoria ad-hoc para CNPq e FAPESP. Ele também é membro associado da Academia Brasileira de Ciências desde 1993. Também foi Conselheiro da Sociedade Brasileira de Física, de 1992 a 1996.