Notícia

Agência USP de Notícias

USP e empresas desenvolverão novos produtos em cimento com libras

Publicado em 30 outubro 2001

A USP, através da Escola Politécnica (Poli) e da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA) de Pirassununga, assinou um acordo de parceria técnico-científica com as empresas Imbralit e Infibra-Permatex. O objetivo é desenvolver novas tecnologias, produtos e processos em cimento reforçado com fibras. A tendência internacional do setor é o uso de materiais mais compactos reforçados por libras, principalmente pela produção de componentes delgados, que, alem da absorção de energia, em face aos esforços dinâmicos, tomem as construções mais rápidas, Já a indústria nacional, nos setores voltados à construção de casas populares, módulos industriais e zona rural, registra forte demanda quanto a utilização de produtos de grande durabilidade e de baixo custo. O projeto está adequado a política de incentivo às exportações e as recentes diretrizes nacionais de cooperação entre empresas e Universidade, com apoio da Financiadora Nacional de Estudos e Projetos (Finep) através do Programa "Habitare", e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). A coordenação da pesquisa, sob orientação do professor Vahan Agopyan, da Poli, será composta pelos professores Homer Savastano Júnior, da FZEA, e Wanderley Moacyr John, da Poli. Pelas empresas, a coordenação contará com seus dirigentes. Luiz Fernando Marchi Jr, da Infibra-Permatex, e João Batista Cargnia, da Imbralit. Mais informações: homerj@usp.br, com o professor Homer Savastano Júnior.