Notícia

Agência C&T (MCTI)

USP e Anvisa lançam cátedra sobre vigilância sanitária

Publicado em 12 novembro 2007

Agência FAPESP — Fruto da parceria entre a Universidade de São Paulo (USP) e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), acaba de ser lançada a Cátedra Anvisa/USP de Vigilância Sanitária.

A cátedra é uma evolução do Centro Colaborador de Vigilância Sanitária (Cecovisa), antigo convênio estabelecido entre as instituições e amplia as ações de pesquisa e de ensino desenvolvidas por diversas unidades da USP na área de vigilância Sanitária.

A duração será de cinco anos, com contratação imediata de 15 professores: 12 para a Faculdade de Saúde Pública (FSP), um para a Faculdade de Direito, um para a Escola Politécnica e outro para a Faculdade de Ciências Farmacêuticas.

Segundo a FSP, caberá à Anvisa a cobertura das despesas com a contratação dos professores ocupantes da cátedra e dos bolsistas/estagiários, além da manutenção da Revista de Vigilância Sanitária (Revisa).

"A criação da cátedra permitirá o desenvolvimento de pesquisas em vigilância sanitária que beneficiarão o país, além de formar profissionais para atuar na área.  Isso certamente implicará a melhoria das ações de proteção da saúde e de prevenção de riscos sanitários", disse Sueli Gandolfi Dallari, professora da FSP e coordenadora de instalação do convênio.

Ainda este ano será instalada formalmente a Comissão de Orientação da Cátedra, para coordenar os trabalhos, que será presidida por Chester Luiz Galvão Cesar, diretor da FSP.