Notícia

Brasil Econômico

USP desenvolve nanopartícula que pode ajudar no tratamento da aterosclerose

Publicado em 30 agosto 2010

Uma nanopartícula desenvolvida pelo grupo do professor Raul Maranhão, da Universidade de São Paulo, é capaz de levar remédios especificamente a células cancerosas e tecidos de órgãos transplantados. Recentemente, a equipe verificou que ela também é eficiente contra a aterosclerose."Trata-se de um avanço importante, pois é a primeira vez que se trata o efeito base da doença", afirmou Maranhão à Agência Fapesp.