Notícia

Gazeta Mercantil

Usiminas vai produzir piche masofásico

Publicado em 19 maio 1997

A Usiminas, a segunda maior siderúrgica do País, segundo a revista Balanço Anual, deverá estar produzindo em escala industrial, daqui a dois anos, o piche mesofásico, matéria-prima para fabricação de fibra de carbono, usada para produzir uma infinidade de produtos, desde aviões até pranchas de surfe. O piche mesofásico tem um mercado mundial estimado em US$ 1 bilhão. As vantagens comerciais que a siderúrgica terá com a venda desse piche especial são expressivas. Hoje, a Usiminas vende o piche normal, um subproduto da fabricação do aço, por US$ 0,30 o quilo. O preço do piche especial, cujas pesquisas para chegar a uma tecnologia própria começaram em 94, importado hoje pelo Brasil varia de US$ 15 a US$ 20. A expectativa dos pesquisadores é de que o produto possa ser comercializado a US$ 5. Os norte-americanos, maiores consumidores do piche mesofásico, já demonstraram interesse em adquirir o produto da Usiminas, revelou o engenheiro Arnaldo Terra Gontijo, envolvido nas pesquisas.