Notícia

Agrosoft

US$ 720 mil para o Cerrado

Publicado em 09 outubro 2007

O Programa de Pequenos Projetos Ecossociais (PPP-Ecos) destinará US$ 720 mil para organizações sociais comunitárias, organizações não-governamentais e instituições que atuam nos 12 estados abrangidos pelo bioma Cerrado. Os recursos serão aplicados no apoio e na criação de alternativas econômicas sustentáveis para as comunidades da região. As propostas poderão ser enviadas até 12 de novembro para o Instituto Sociedade, População e Natureza (ISPN), que coordena o PPP-Ecos no Brasil desde a criação do programa em 1994.

O programa existe em cem países e é financiado pelo Small Grants Programme (SGP), vinculado ao Fundo para o Meio Ambiente Global (GEF) das Nações Unidas. A execução dos projetos apoiados se dá por meio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) com interveniência do Escritório de Serviços de Projetos das Nações Unidas (Unops).

Segundo os responsáveis pelo programa, terão prioridade os projetos voltados para a promoção das capacidades e potencialidades de comunidades locais, inclusive tradicionais e indígenas, resultando na promoção de modos de vida sustentáveis. As propostas também devem demonstrar a viabilidade dos objetivos, gerando resultados concretos nos prazos previstos e com os recursos disponíveis.

Os projetos devem se referir ao bioma Cerrado ou às zonas de transição entre o Cerrado e Caatinga, Amazônia ou Pantanal. A instituição proponente não precisa estar sediada nesses biomas, mas deve atuar na região. A duração do projeto deve ser de até dois anos.

Mais informações: www.ispn.org.br.

Agência Fapesp