Notícia

Jornal Brasil

Universidades de SP preparam doutorado internacional em bioenergia

Publicado em 01 maio 2013

As três universidades estaduais de São Paulo preparam, conjuntamente, um curso de doutorado em bioenergia. As aulas do Programa Integrado de Doutorado em Bioenergia. As aulas deverão ter início em março de 2014. Com a proposta de ser um curso internacional, o programa deverá ter professores da USP, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e da Universidade Estadual Paulista (Unesp), além de especialistas estrangeiros. Boa parte de suas aulas será ministrada em inglês, e usará um sistema de videoconferência para a integração de alunos e professores situados em diferentes cidades.

"Estamos organizando um programa de excelência em bioenergia, no qual os alunos terão oportunidade de estudar com os melhores especialistas nos diferentes aspectos do setor e poderão se conectar com os principais centros de pesquisa na área no mundo", disse o professor Carlos Alberto Labate, da Universidade de São Paulo (USP), coordenador-geral do programa, à Agência Fapesp, que divulgou a iniciativa.

"Os alunos farão pelo menos quatro meses de estágio no exterior, em universidade, empresa ou centro de pesquisa. E queremos atrair não só estudantes do Brasil, mas também do exterior", disse. A aprovação da abertura do programa pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) ocorreu no final de março.

O doutorado conjunto em bioenergia é um desdobramento de outra iniciativa, o Centro Paulista de Pesquisa em Bioenergia (CPPB), instituído em 2010, por meio de um convênio entre o Governo do Estado de São Paulo, FAPESP, USP, Unicamp e Unesp.

Fonte: Imprensa Unicamp