Notícia

TI Inside

Universidade desenvolve jogo que ensina a administrar empresas

Publicado em 26 março 2009

Um jogo de computador que simula a criação de uma empresa, para sua administração dentro de um mercado também virtual, foi desenvolvido por pesquisadores da Faculdade de Engenharia da Universidade Estadual Paulista (Unesp), no campus de Bauru, no interior de São Paulo.

Idealizado para apoiar a aprendizagem em áreas como gestão de empresas, processo decisório, gestão da produção, contabilidade e processo competitivo de mercado, o jogo, denominado Mercado Virtual, pode ser usado para apoiar o ensino de graduação, pós-graduação ou na atualização profissional.

De acordo com o autor do projeto, José de Souza Rodrigues, professor do Departamento de Produção da Faculdade de Engenharia, o uso de jogos representa um apoio importante ao processo de ensino-aprendizagem. “Trata-se de uma ferramenta que desempenha novas relações entre os alunos e os professores no âmbito das aprendizagens dos conteúdos programáticos. Ela cria um ambiente mais desafiador para todos e aumenta o interesse por aprender.”

O jogo foi projetado para ser usado em laboratório com acesso à internet, podendo tanto apoiar aulas presenciais como servir de vivência em plataformas de educação a distância. Além de ser um meio pelo qual se facilita o processo de ensino-aprendizagem, a própria ferramenta é objeto de estudo para o grupo de pesquisa na Unesp. “Queremos entender como as variáveis aluno, professor e ambiente interagem quando são usados jogos de empresas. A partir daí, a ideia é elaborar materiais didáticos de apoio aos usuários desse tipo de sistema”, explicou Rodrigues.

“No momento, estamos procurando analisar as decisões dos alunos com o objetivo de desenvolver novas habilidades para o jogo, fazendo com que o próprio sistema se torne capaz de detectar possíveis lacunas de aprendizagem no modo de decidir do aluno”, disse.

Com base em linguagens PHP e Delphi, de programação de computadores, o sistema foi desenvolvido por meio de uma parceria da Faculdade de Engenharia com o Colégio Técnico Industrial Isaac Portal Roldán (CTI), com apoio da Fapesp na modalidade Auxílio a Pesquisa.

Com informações da Agência Fapesp. 

Da Redação