Notícia

Diário de Marília online

Univem tem mais um projeto de estudo aprovado na Fapesp

Publicado em 15 maio 2007

Por Aline e Istela, do Univem

O projeto de Iniciação Científica "Frameworks para apoiar o desenvolvimento de softwares educacionais", desenvolvido pela aluna do quarto ano de Ciência da Computação do UNIVEM Aline Cristina Scanavacca, orientada pela professora Maria Istela Cagnin Machado, conseguiu uma bolsa de estudos custeada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo- FAPESP.

Envolvida com informática educativa desde o segundo ano de graduação, Aline conta que somente esse ano efetivou o projeto, que busca estabelecer códigos prontos do domínio de softwares educacionais, facilitando o desenvolvimento de novos programas.

"Seria como uma base de dados que permite que programadores criem ou modifiquem softwares, sem começar do zero; reduzindo tempo e custos de desenvolvimento. Estou trabalhando no levantamento de funcionalidades básicas, como conteúdo, apresentação do conteúdo e avaliação", explica.

A orientadora Maria Istela enfatiza que no Brasil, há poucas pesquisas como esta sendo realizadas.

"Utilizamos muitos programas com aplicações educacionais, entretanto, eles são desenvolvidos no exterior. Oriento uma estudante de mestrado no UNIVEM, na área de software educacional e o projeto de Aline vem integrar as linhas de pesquisa de graduação e pós-graduação. Ela é uma excelente aluna e tem dedicado até 6 horas do dia somente para a pesquisa".

Istela destaca ainda que a obtenção de uma bolsa concedida por agências de fomento requer muito trabalho por parte do estudante e do orientador, pois, antes de conceder o benefício, são analisados aspectos como média geral do aluno (que não pode ser inferior a 8), currículo do orientador, viabilidade do projeto, e a instituição de ensino como um todo.

Depois da bolsa concedida, a dedicação do pesquisador deve ser exclusiva ao trabalho, lembrando que a FAPESP exige uma prestação de contas periódica sobre o andamento da pesquisa".

Para Aline, as pesquisas que tem sendo feitas no âmbito da informática educativa têm sido um fator importante que vem contribuindo diretamente para sua aprendizagem.