Notícia

Vale Paraibano

Univap faz estudos do genoma

Publicado em 29 junho 2000

São José dos Campos - A Univap (Universidade do Vale do Paraíba), em São José dos Campos, complementará os estudos do seqüenciamento do genoma humano, divulgado mundialmente no início da semana. Para tanto, nos próximos três meses, um novo laboratório - avaliado em aproximadamente US$ 120 mil - será construído e equipado para as pesquisas sobre o assunto. O novo laboratório integrará um grupo de 30 outros que desenvolvem o projeto "Genoma Câncer", patrocinado pela Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo). A Univap é uma das três universidades particulares que participam do programa. Os estudos foram iniciados em junho do ano passado e devem ser concluídos em, no máximo, dois anos. O objetivo é identificar genes ligados ao câncer, envelhecimento precoce, doenças degenerativas e hereditárias. "Vamos ajudar a saber onde começam e terminam os genes dos cromossomos e completar as informações do mapa genético. O genoma humano está todo seqüenciado, mas este trabalho poderá localizar exatamente os genes no mapa Poderemos descobrir acura dessas doenças ou melhores intervenções", afirmou o coordenador do laboratório, Francisco da Nóbrega. Todos os países desenvolvidos também realizam o projeto. OUTRO PROJETO Seu grupo também desenvolve o projeto "Genoma Cana-de-açúcar" desde o ano passado, que pretende identificar 40 mil genes da cana. Nesse trabalho não será feito o seqüenciamento total do genoma, apenas das regiões que correspondem aos genes. Laboratórios do Rio e Pernambuco também participam do projeto. "A cana é uma planta economicamente importante para o Brasil e poucos a estudam no exterior. O trabalho permitirá estudar os genes responsáveis pelo estresse hídrico, produtividade e lutar contra doenças da planta", afirmou Nóbrega. O laboratório concluiu este ano o seqüenciamento genético da bactéria Xylella fastidiosa, causadora da doença do Amarelinho, que ataca plantações de laranja, juntamente com outros laboratórios.