Notícia

Esteta

Unicamp seleciona propostas do Programa Aluno-Artista

Publicado em 17 outubro 2012

As 15 propostas contempladas pela terceira edição do Programa Aluno-Artista foram anunciadas no dia 16 de outubro pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Os projetos foram selecionados entre cerca de 200 inscrições. Na oportunidade, também foi lançado o Catálogo da 2ª Edição do programa, que traz o registro, por meio de fotos e textos (português e inglês), das atividades desenvolvidas.

De acordo com a Unicamp, os objetivos do Aluno-Artista são estimular a produção artística e cultural por parte dos estudantes de graduação e promover apresentações públicas nos campi da universidade.

Fernando Ferreira Costa, reitor da Unicamp, destacou tanto a qualidade como a expansão do programa, cuja proposta inicial era identificar alunos voluntários dispostos a fazer apresentações artísticas e culturais diante do restaurante universitário.

"Com o tempo, a ideia foi ampliada, tanto em razão do envolvimento dos estudantes como da qualidade dos projetos concorrentes. Atualmente, o programa já pode ser considerado um sucesso, e não tenho dúvidas de que ele deverá ser ampliado pela universidade", disse o reitor.

De acordo com o pró-reitor de Graduação, Marcelo Knobel, a Unicamp continuará trabalhando para aperfeiçoar e ampliar o programa, bem como para fomentar a geração de produtos derivados dos projetos contemplados. "A gravação das apresentações musicais, por exemplo, pode dar origem a um CD de ótima qualidade", sugeriu.

A consideração de Knobel foi feita a propósito da entrega aos integrantes da mesa de autoridades de um livro de histórias em quadrinhos intitulado Unicamp a Lápis, elaborado por participantes da segunda edição do programa. A obra retrata diversas situações vividas cotidianamente por estudantes, professores e funcionários da Unicamp.

Segundo o coordenador do Serviço de Apoio aos Estudantes (SAE), Leandro Medrano, cada projeto selecionado pelo Aluno-Artista conta com até dois proponentes, que recebem bolsas no valor de R$ 412,73 por um período de oito meses.

Além disso, a proposta contemplada também tem direito a um auxílio-execução da ordem de R$ 3 mil. "Esse recurso deve ser usado para custear gastos com a produção do espetáculo artístico ou cultural", explicou.

As modalidades estimuladas pelo programa são: Artes Cênicas (teatro e circo), Artes Corporais (dança), Artes Visuais e Multimeios (gravura, desenho, escultura, fotografias, vídeos etc.), Música (clássica, moderna, percussão, canto etc.), Diversidade Cultural (oficinas socioculturais e ambientais, organização de debates etc.) e Manifestações Literárias (apresentações de poesia, contos, ensaios etc.).

Contempladas na modalidade Artes Cênicas, Mariana Campanha Pozatto e Gabriela Fernandes Pellegrino consideraram o Aluno-Artista um programa interessante tanto por incentivar a prática artística como por permitir a complementação do aprendizado em sala de aula.

"Para quem é das Cênicas, atuar e manter o contato com o público é fundamental. Por meio do programa, poderemos levar nosso espetáculo para uma plateia bem mais ampla do que aquela composta por estudantes do nosso curso", disse Pozatto.

Fonte: Agência FAPESP