Notícia

Gazeta Mercantil

Unicamp recruta pacientes

Publicado em 17 dezembro 2001

"Que dor de cabeça!" É um dos desabafos mais freqüentes que 16 a 30 milhões de pessoas fazem no Brasil por causa de uma enxaqueca. Nos Estados Unidos, estão sendo despendidos até US$ 30 bilhões de para evitar as faltas ao trabalho ocasionadas pelas crises. Até o momento, os métodos tradicionais não têm resolvido este problema. É por este motivo que recentemente a Unicamp está recrutando pacientes para ingressarem no recém-criado Ambulatório de Acupuntura Aplicada à Enxaqueca, que estará, a partir de fevereiro, funcionando dentro da área de Neurologia do HC. Sua proposta é o atendimento a 220 pacientes em dois anos, prazo que a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) estabeleceu para a duração do projeto de pesquisa "Avaliação da eficácia terapêutica da acupuntura na profilaxia da enxaqueca". O material obtido dessas especulações servirá para compor a tese de doutorado de Jerusa Alecrim Andrade, médica especializada em acupuntura. Ela e o neurologista Jayme Antunes Maciel Júnior, da Faculdade de Medicina da Unicamp, serão os responsáveis pelo Ambulatório de Acupuntura.