Notícia

Diário do Povo

Unicamp faz plástico 'pensar'

Publicado em 13 julho 2000

No futuro, os aparelhos de TV ficarão mais estreitos e as roupas farão os movimentos de força no lugar do homem, graças ao trabalho desenvolvido pelo Laboratório de Polímeros, Condutores e Reciclagem do Instituto de Química da Unicamp, pioneiro no estudo e desenvolvimento dos chamados plásticos inteligentes. "O limite de aplicações para esses materiais depende apenas da nossa imaginação", afirma o pesquisador Marco Aurélio de Paoli, da Química. As pesquisas são desenvolvidas com financiamento a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e do Programa de Centro de Excelência (Pronex), do Ministério de Ciência e Tecnologia.