Notícia

G1

Unicamp anuncia a implantação de Museu da Nutrição em Limeira, SP

Publicado em 31 agosto 2014

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) implantará um Museu da Nutrição em Limeira (SP), segundo nota divulgada pela Prefeitura. A intenção do espaço será levar à população, especialmente às crianças e adolescentes, informações para uma alimentação sadia e mudanças de hábitos, prevenindo doenças. O prédio que abrigará o museu será definido pela Prefeitura. Ainda não há prazo definido para a inauguração.

O museu faz parte da proposta do Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão - Obesity and Comorbidities Research Center (Cepid OCRC), encabeçado pela Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) e recém-criado na Unicamp, que deve receber R$ 17 milhões em recursos nos primeiros cinco anos.

O coordenador geral do projeto, Lício Velloso, professor da Faculdade de Ciências Médicas, disse que os alunos de graduação e pós-graduação do curso de nutrição da Unicamp oferecido na cidade devem ter participação direta na iniciativa. "Queremos envolver principalmente as escolas, levando as crianças e os adolescentes para aprenderem sobre as características dos alimentos e a melhor forma de se alimentar. Isso refletirá na redução de doenças que têm um custo grande no sistema de saúde e que são as que mais matam", declarou por meio de assessoria de imprensa.

A ideia é que o museu, que precisará de um espaço entre 150 e 200 metros quadrados, seja interativo e com laboratório para demonstrações. O modelo será semelhante ao do Museu Exploratório de Ciências, que fica na própria Unicamp, em Campinas (SP), informou a Prefeitura de Limeira.

Novos cursos

O prefeito do município, Paulo Hadich (PSB), e o reitor da Unicamp, José Tadeu Jorge, discutiram na sexta-feira (29) a possibilidade da vinda de novos cursos de graduação no campus da universidade em Limeira.

Hadich pediu atenção especial à área das engenharias, principalmente de alimentos, elétrica e civil, e também ao setor de mecânica e manutenção.

O reitor da Unicamp disse que há estudos para a implantação de novos cursos em Limeira e que a intenção é dobrar o número de vagas na Faculdade de Ciências Aplicadas, que tem 480 alunos em seis cursos de graduação (ciências do esporte, engenharia de manufatura, engenharia de produção, nutrição, administração e administração pública).

"Vamos avaliar os cursos sugeridos e verificar a demanda. Pelo momento atual haveria viabilidade de um curso de engenharia civil e seria interessante para a cidade um curso na área de mecânica e automação e de engenharia de produção e manufatura. Mantemos uma Comissão Acadêmica para discussão de novos cursos e vamos estudar a proposta", declarou Jorge.

Do G1 Piracicaba e Região